Amamentação: proteção e nutrição física e emocional.

Por que os bicos artificiais podem levar à confusão de bicos e ao desmame?

5092 Views 2 Comments

Por que as pessoas não acreditam quando dizemos que o uso de bicos leva à confusão de bicos e ao desmame?

 

Por que não acreditam que o bebê passa a rejeitar as mamadas?
Por que acham que ele não quis mais mamar com 4, 6, 8 meses? Por que insistem em dizer que o filho não quis mais ou desmamou sozinho?

 

Por isso aqui, olhe a imagem: o que acontece não é visível, é interno, é sutil, é algo que vai mudando a forma de mamar aos poucos (às vezes acontece muito rápido e algumas mães percebem isso).

 
Na imagem podemos ver o bebê utilizando uma mamadeira, mas você pode trocar, na sua imaginação, por uma chupeta ou um intermediário de silicone. É a mesma coisa.

 

 

Você pode pensar num bico de silicone, num bico denominado “ortodôntico”, “anatômico” ou “ergonômico”, tanto faz. O efeito é o mesmo.
Você ainda pode imaginar um bico que a indústria refere que é semelhante à mama, que é anti-cólica, anti-refluxo e anti-gases. É tudo a mesma coisa. Apenas a velha jogada de marketing para vender.
Mesmo aqueles bicos caros, importados e oferecidos pelas celebridades, no fundo, no fundo, promovem as mesmas mudanças que você pode ver na imagem. Não é porque é caro que é bom!

 

Agora vamos às diferenças básicas: um bebê pode abandonar a amamentação com apenas alguns dias do uso de bicos; outros continuarão mamando por um tempo ainda, e a velha fala “usei e não desmamou, não deu nada, não causou problema algum” passa a chamar a atenção e ao questionar: “o bebê mamou então por quanto tempo?”, muitas vezes as respostas são as esperadas: “largou sozinho com 6 meses, com 9 meses não quis mais, com 1 ano já não se interessava”. É claro que algumas mães vão dizer que o bebê desmamou com 2 anos e isso para mim é um milagre, uma benção, mas isso não quer dizer que é a regra.

 

Outra fala que me faz pensar é: “dei bicos e não aconteceu nada na arcada, o bebê é normal”, pois um leigo geralmente não consegue identificar alterações orais e quando você faz uma avaliação minuciosa, percebe respiração oral, estreitamento da arcada dentária, falta de vedamento labial, alteração do alinhamento dentário, entre outros. É para se pensar mesmo…
Aqui é possível entender o que acontece: mudança de postura oral, com consequente mudança da forma de sugar, dos movimentos mandibulares, do uso dos músculos, do direcionamento do crescimento e desenvolvimento da face, etc.

 

Como sempre digo, é uma loteria, mas é importante encarar que a grande maioria dos bebês desmama precocemente (antes de 1 ano), desenvolve hábitos de sucção, tem alterações orais. Só de entender isso já é um ganho, pois quando disserem a você que não há problema nenhum em usar bicos artificiais, você ficará atenta e questionará essa informação!

 

O resultado do uso é a imagem na parte inferior esquerda: o bebê tenta mamar como faria no bico, e não consegue, tem dificuldades, começa a “brigar”com a mama, chora, se joga para trás, machuca a mãe. Aí começa o processo de um desmame precoce. Fica a dica!

*não sei de quem é a imagem para dar os créditos*

2 Comments
  • Vanessa abril 30, 2018, 1:10 am Responder

    Como sei a hora certa para desmamar?O que devo fazer minha bebezinha tem 1 aninho e ela ama mamar e vejo que isso interfere na alimentação ,tipos comida, frutas,vitamina e até mesmo o leite . E fico ausente devido o trabalho. Recebo muitas críticas por ainda está amamentado pq minha filha não é gorda não aumentou de peso. O que faço para agir corretamente?

    • Drª Cristiane Gomes maio 15, 2018, 12:47 pm

      Vanessa, o desmame é decisão exclusiva da mãe. Não permita que ninguém interfira em sua maternidade. Para o desmame acontecer, é importante que você e o seu bebê estejam prontos e seja conduzido de forma gentil, como um processo, não de uma vez. Procure uma consultora para orientá-la, se realmente este é o seu desejo.

Leave a Comment