Amamentação: proteção e nutrição física e emocional.

Por que não utilizar bicos artificiais?

10151 Views 0 Comment

Quando oriento que não é indicado usar chupeta e mamadeira, não é para ser chata. Oriento porque conheço bem de perto os possíveis resultados para o crescimento da face, alinhamento dos dentes, respiração, mastigação, fala, deglutição…

Além disso, os bicos artificiais levam ao desmame precoce. Você pode até não perceber ou não associar, mas como o bico muda a fisiologia da sucção do bebê, ele aos poucos vai deixando de sugar a mama como precisaria, há uma falsa ideia de que o leite diminuiu, inicia-se a introdução de leite artificial, com volumes cada vez maiores e, com cada vez menos sucção na mama, menos leite é produzido.
A explicação é muito simples: a fisiologia da lactação funciona pela sucção para produção do leite; quanto mais o bebê suga, mais leite será produzido, quanto menos suga, menos leite é produzido, se ele deixar de sugar, o leite secará.
No caso da sucção do bebê, no aleitamento materno ele precisa – abrir bem a boca, anteriorizar a língua, fazer 4 movimentos mandibulares e movimentar os músculos responsáveis pela mastigação (masseter, temporal, pterigóideo medial).

Quando começa a usar bicos, olha o que acontece: a boca se fecha, a língua é empurrada para trás, a mandíbula faz apenas 2 movimentos, ao invés de 4, e os músculos da mastigação não atuam, mas um outro, o bucinador. Dessa forma, toda a sucção muda e o bebê se confunde: nunca sabe quando abrir ou fechar a boca, quando anteriorizar ou posteriorizar a língua, quando realizar 2 ou 4 movimentos mandibulares ou quando utilizar os músculos mastigatórios ou o músculo dos bicos. Por isso chamamos de confusão de bicos.
Geralmente, as mães percebem que o bebê começa a pegar e largar a mama, pega errado (só o bico porque a boca fica fechada), chora durante a mamada, não mantém a pega, fica como um pica-pau (procura, mas não pega efetivamente a mama), suga um pouco e larga. Essas são características de confusão de bicos.
Não queremos nos meter em como você cria seus filhos, só sabemos que isso pode atrapalhar ou acabar com a amamentação, além de poder prejudicar muito o futuro de seu filho. Ele poderá respirar pela boca, roncar, babar ao dormir, ter problemas de alinhamento dentário (mordida aberta ou cruzada), crescimento inadequado da face, falar errado, engolir e mastigar errado. Pode precisar de Ortodontista, Otorrinolaringologista, Fonoaudiólogo, Fisioterapeuta, entre outros profissionais.
Pode acontecer de seu filho usar e não ter problemas. Pode, sim, mas você vai arriscar? Como saber se terá problemas ou não? Como arriscar a saúde futura dele?
Não, não quero me meter na sua vida ou em suas decisões, só quero te ajudar. Se mesmo assim você quiser oferecer, sinta-se à vontade, mas saiba que toda escolha traz consequências. Esteja preparada para elas. Você é quem decide o que é melhor para o seu filho.

0 Comments

Leave a Comment