Amamentação: proteção e nutrição física e emocional.

Perguntas e respostas sobre amamentação: perda de peso

1562 Views 0 Comment

Pergunta: Meu filho (minha filha) está perdendo peso. O que faço?

Resposta: Para a amamentação ser eficaz e o bebê ganhar peso, existem técnicas corretas.

Em geral, o bebê deve ganhar uma média de 30 gramas por dia no início, mas para que isso aconteça, ele deve mamar corretamente, não pular mamadas, não gastar mais energia do que ganha e não ficar longos períodos sem mamar.

A livre demanda é importante nesse processo, que significa que ele deve mamar sempre que desejar, pelo tempo que quiser. Esse é sempre o objetivo da amamentação: que seja em livre demanda.

Se o bebê está perdendo peso, temos que controlar um pouco mais as mamadas, então, existem algumas técnicas para que ele não precise de leites artificiais.

Para manter o aleitamento materno exclusivo (apenas leite materno, sem outros leites ou líquidos) a mãe pode retirar um pouco de leite antes da mamada, para deixar a aréola macia e facilitar a pega, amamentar e após extrair o que sobrar (se sobrar). O fato de “esvaziar” a mama com frequência favorece a produção e descida de maior volume, com mais gordura no início da próxima mamada.

O importante é que o bebê esvazie ao menos uma mama em cada mamada, mas a mãe pode oferecer as duas mamas. Se ele quiser mais leite, a mãe pode oferecer o leite que tirou no copinho, nunca na mamadeira! Além disso, não deixá-lo dormir mais de três horas é uma boa saída (apenas nesse caso do bebê precisar engordar).

Outra técnica bastante utilizada é a translactação, que consiste em retirar leite materno de uma mama e oferecê-lo com uma sonda nº 4 ou 6 acoplada na outra mama. Ao sugar, o bebê retira ambos os leites. A mulher também pode fazer um estoque e oferecer na translactação em ambas as mamas. A vantagem dessa técnica é que o bebê estimulará diretamente a mama, o que favorecerá a produção.

Se ele acordar antes desse período, ela poderá amamentá-lo sem problemas, mas se ele dormir demais, a mãe poderá acordá-lo e alimentá-lo, para que não durma excessivamente. Quando começar a ganhar peso novamente a mãe pode relaxar e manter a livre demanda!

Dra. Cristiane Gomes, IBCLC