Amamentação: proteção e nutrição física e emocional.

Bloqueio de ductos lactíferos: como identificar

5277 Views 0 Comment

O bloqueio de ductos lactíferos é a retenção de leite que impede a liberação do mesmo em determinado ou determinados ductos. Os ductos são pequenos canais localizados por toda a mama e são responsáveis pelo transporte do leite dos alvéolos (glândulas responsáveis pela produção láctea) até o mamilo e a boca do lactente.

Em geral, o bloqueio dos ductos ocorre por ineficiente esvaziamento da mama em algumas regiões, que resultam em ingurgitamento e parada do fluxo de leite. A mulher percebe dor local, pode verificar a presença de nódulos (regiões endurecidas na mama), calor local ou vermelhidão, mas não há febre e mal estar, diferença fundamental entre o bloqueio de ductos e a mastite (infecção da mama). Em algumas ocasiões pode observar um pequeno ponto branco no mamilo, que revela o leite parado naquele ducto.

Como evitar o bloqueio de ductos lactíferos?

  • amamentar em livre demanda
  • caso o bebê não esvazie a mama, realizar ordenha manual/por bomba para mantê-las sempre esvaziadas.
  • não utilizar cremes, óleos ou pomadas nos mamilos e aréola, pois tais produtos podem bloquear os ductos lactíferos
  • não utilizar sutiãs apertados. A pressão excessiva em determinadas regiões da mama pode impedir a drenagem de leite e provocar o bloqueio. Dê preferência a sutiãs bem ajustados, sem bojo e com abertura frontal. Faixas e tops podem ser utilizados, desde que não estejam muito apertados.

 

Ao observar que está com um dueto bloqueado, os cuidados são os seguintes:

  • promover adequada pega e sucção do bebê
  • amamentar com maior frequência, em diferentes posições
  • posicionar o bebê de modo que seu queixo esteja direcionado ao local obstruído (como o bebê ordenha o leite pela massagem do queixo na mama, isso facilita a extração do leite da região bloqueada)
  • massagear a região com nódulos e realizar ordenha do leite liberado
  • caso observe o ponto branco, passar uma toalha para rompê-lo, com cuidado para não machucar o mamilo
  • caso não consiga romper o bloqueio, procure um Banco de Leite ou Consultor em Amamentação

 

Caso o bloqueio permaneça, pode haver complicações, com a infecção da região (mastite), febre e mal estar. Nesse caso, além do desbloqueio, será necessária ingestão de medicamentos prescritos pelo médico.

 

 

 

0 Comments

Leave a Comment