Amamentação: proteção e nutrição física e emocional.

Estou com Zika: posso amamentar?

1753 Views 0 Comment

Em tempos de Zika vírus, uma grande dúvida entre as mães e profissionais é com relação à amamentação. A mulher com zika pode amamentar? O bebê acometido de zika pode ser amamentado? O vírus é transmitido pelo leite materno?

 

Sabe-se que a principal forma de transmissão do vírus é pela picada do mosquito Aedes Aegypti infectado, mas em virtude do cenário epidemiológico, houve questionamento se a transmissão poderia acontecer durante a amamentação.

 

Com o aumento de casos no Brasil, em 2015, foi levantada a possibilidade da transmissão via leite materno para o bebê, no caso de a mãe estar infectada. No entanto, no dia 02/12/2015 foi publicado um comunicado oficial da Rede de Bancos de Leite Humano, SUS e Instituto Fernandes Figueira da FIOCRUZ, Centro de Referência da Rede de Bancos de Leite, no qual a orientação foi no sentido de manter a conduta assistencial e técnica referente ao aleitamento materno pela falta de evidências científicas que apoiassem o risco da amamentação frente ao zika vírus. Portanto, as condutas deveriam ser mantidas e o aleitamento materno recomendado.

 

Apesar disso, muitos profissionais de saúde passaram a recomendar o desmame nos casos em que a mãe estivesse infectada pelo vírus e muitas mães passaram a questionar as condutas profissionais. Felizmente, 25/02/2016, a Organização Mundial de Saúde publicou orientações provisórias sobre amamentação no contexto do zika vírus.

 

As recomendações, até o momento, são:

  • Amamentar na primeira hora após o parto e manter a amamentação exclusiva por 6 meses e com alimentação complementar até 2 anos ou mais
  • Essa recomendação se mantém no caso de transmissão do zika vírus
  • Mesmo as mães que estejam com suspeita ou doença confirmada durante a gestação ou após o parto devem ser incentivadas a iniciar e manter a amamentação. Da mesma forma se outros membros da família estiverem com suspeita ou confirmação da infecção.
  • No caso de bebês com anomalias congênitas (como por exemplo no caso de microcefalia), as mães devem amamentar seus bebês.

 

Tais recomendações se justificam porque:

  • Os benefícios da amamentação são significativos tanto para a mãe quanto para o bebê,  em países pobres ou ricos
  • Ainda que tenha sido detectada a presença de caracteres hereditários do Zika vírus no leite materno em 2 mães com infecção confirmada, não houve replicação viral
  • Não existe nenhum estudo, documento ou relatório que comprove que o vírus é transmitido aos bebês pela amamentação
  • Não se sabe a frequência, cinética ou tamanho da carga viral do Zika no leite materno
  • Não existe ocorrência de doenças ou problemas neurológicos em bebês infectados por Zika após o nascimento
  • Os benefícios da amamentação superam os possíveis riscos de transmissão de Zika vírus.

 

Desta forma, até o momento a recomendação é que a mãe amamente seu bebê mesmo se estiver doente.

0 Comments

Leave a Comment