Amamentação: proteção e nutrição física e emocional.

Amamentação do prematuro

1558 Views 0 Comment

Os bebês prematuros podem e devem ser amamentados. A mãe do prematuro produz um leite específicos para ele, com maior quantidade e IgA (Imunoglobulina que protege o bebê contra infecções), mais proteína e gordura, para que ele cresça e se desenvolva.
Alguns prematuros, chamados limítrofes, podem ser amamentados sem problemas, especialmente se nascerem bem e não apresentarem intercorrências.
No caso de prematuros moderados ou extremos, que podem apresentar mais intercorrências, além da própria imaturidade, geralmente necessitarão de apoio respiratório e uso de sonda para alimentação (pelo nariz ou pela boca), o que impede inicialmente a amamentação, mas isso não quer dizer que a mãe não possa retirar seu leite (super especial e importante) e o mesmo seja oferecido pela sonda ou, como alguns hospitais já tem feito, iniciar a colostroterapia (aplicação de algumas gotas do colostro na boca do bebê para auxiliar nas defesas do organismo).
Com a ordenha do leite materno, a mãe mantém a produção láctea e fornece o melhor alimento ao seu filho!
Com a evolução do bebê, se houver uma fonoaudióloga atuando no hospital, ela deverá iniciar o treino de sucção, começando pela não nutritiva (apenas com o dedo enluvado ou molhado no leite) para estimular os reflexos orais, aprimorar sucção e a coordenação entre sucção, deglutição e respiração.
Com a melhora do quadro clínico e respiratório, pode-se iniciar a alimentação via oral. O que sempre se preconiza é a sucção na mama, por isso, pode-se utilizar a técnica da mama vazia para iniciar, depois passando para amamentação em alguns horários, por tempo determinado, inicialmente com complementação por sonda para o bebê não perder peso, não se cansar. Com sua evolução, as mamadas aumentam, e se necessário, pode-se fazer a translactação.
Caso a mãe não esteja presente, utiliza-se a técnica da sonda-dedo (finger feeding) para avaliação das condições de sucção do bebê e, após, o uso do copinho.
Vocês percebem que em nenhum momento o prematuro deverá receber chupeta ou mamadeira, exatamente para que ele adquira condições de mamar no peito! Especialmente nos Hospitais Amigos da Criança, em que o uso de bicos é proibido, esses bebês tem maior oportunidade de mamar na mãe sem interferências dos bicos artificiais.
E é assim que tem que ser: mãe e bebê, desde que seja possível, em contato e na amamentação!

0 Comments

Leave a Comment